• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Sindiserpu de Umarizal repudia atrasos de salários por parte da prefeitura

É inaceitável que a administração municipal até a presente data não tenha sequer efetuado o pagamento da folha salarial de agosto dos servidores que compõem a folha de pagamento dos 60%.

Publicado: 25 Setembro, 2020 - 12h31 | Última modificação: 25 Setembro, 2020 - 12h33

Escrito por: Redação CUT RN

notice
O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Umarizal – RN (SINDISERPU) vêm a público, por meio desta nota de repúdio, expressar sua insatisfação quanto aos constantes atrasos no pagamento dos salários dos Servidores da Educação.
 
É inaceitável que a administração municipal até a presente data não tenha sequer efetuado o pagamento da folha salarial de agosto dos servidores que compõem a folha de pagamento dos 60%.
 
Em tempo, nos solidarizamos com todos os servidores públicos municipais da educação que vêm sofrendo com essa conduta que, infelizmente, se arrasta há anos por parte da Prefeitura Municipal de Umarizal – RN.
 
O pagamento dos salários é um direito fundamental dos servidores. Não é dado ao gestor o direito de negá-lo, violando a ordem, já que os salários possuem evidente natureza alimentar que não enseja campo para o exercício da discricionariedade.
 
O salário é o meio de sobrevivência do servidor público e seu atraso provoca transtornos desnecessários e vexatórios. Muitos servidores estão impossibilitados de honrar seus compromissos financeiros, enquanto outros já calculam os prejuízos com juros, multas e outros encargos causados pelo atraso no pagamento. Foi por isso que a Constituição Federal elevou o salário ao nível de direito fundamental, mantendo-o sob o manto protetor de todas garantis e direitos fundamentais.
 
Essa crise não é nossa. Não vamos pagar essa conta!
Sem servidor público a cidade para!