• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Rodoviários querem a garantia do vale alimentação e planos de saúde

Trabalhadores rodoviários amanheceram em greve hoje, 22, em reivindicação pelos direitos usurpados pelo Seturn.

Publicado: 22 Junho, 2020 - 15h40 | Última modificação: 22 Junho, 2020 - 22h35

Escrito por: Redação CUT RN

notice

Na manhã desta segunda-feira (22) começou a greve dos trabalhadores rodoviários em Natal, em reivindicação aos direitos usurpados pelo Sindicato das Empresas, o Seturn. 

A direção do sindicato dos trabalhadores rodoviários comunicou que mesmo com o pedido realizado pelo sindicato de reconhecimento da data base através do protesto judicial e reconhecido pelo desembargador Bento Herculano, o SETURN de forma irresponsável e ilegal deixa de pagar o vale alimentação e o plano de saúde dos trabalhadores, causando o desespero na categoria.

Segundo o Sintro, o patronal só pode tirar cláusulas da nossa convenção coletiva é o pleno do tribunal regional do trabalho da 21° região, que ainda não foi julgado. Desta forma a direção do sindicato e por determinação da assembléia geral da categoria informando nota a população que a greve acontece por tempo indeterminado.

Por isso, a Lei da Greve permancerá, cumprido a frota reduzida de 30% da circulação dos ônibus.