• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Nota de repúdio aos ataques misóginos no programa "96 Minutos" da 96FM de Natal

Publicado: 26 Setembro, 2019 - 10h44 | Última modificação: 26 Setembro, 2019 - 10h51

Escrito por: Redação CUT/RN

Internet
notice

Na manhã desta segunda-feira (25), o apresentador do programa de rádio da 96FM de Natal, G.N, afirmou ao vivo que a ativista Greta Thunberg é "histérica" e que precisa de um "macho ou uma fêmea" para ter relações sexuais porque é "uma mal amada e usuária de maconha". Vale lembrar, que Greta Thunberg tem apenas 16 anos de idade e portadora de Síndrome de Asperg, um tipo de autismo.

O jornalismo tem papel fundamental na sociedade no processo de formação política de brasileiros e brasileiras, afirmações ditas pelo tal jornalista envergonha e compromete todos os profissionais da área de comunicação. Lembramos e repudiamos a omissão do Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Norte sobre casos como esse de hoje e de tantas outras situações onde comunicadores potiguares infringem os direitos humanos e agridem com discurso de ódio militantes com viés ideológico mais progressistas.

Nós da CUT, repudiamos veemente os ataques machistas e cobramos uma resposta do SindJornal e da 96FM sobre o caso.

Central Única dos Trabalhadores - Rio Grande do Norte