• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Nota de repúdio ao vereador Ildecio Oliveira do PSDB de Parelhas

Nota de repúdio ao vereador Ildecio Oliveira, do PSDB de Parelhas, que agrediu verbalmente com machismo a presidenta do Sindicato dos Servidores Municipais de Parelhas Caire Juscele Azevedo Silva

Publicado: 06 Setembro, 2021 - 12h57 | Última modificação: 06 Setembro, 2021 - 13h21

Escrito por: Redação CUT/RN

notice

Nós da CUT Rio Grande do Norte prezamos pelo diálogo, respeito e liberdade, somos contra qualquer tipo de violência que venha a ferir a dignidade das pessoas, das mulheres, dos LGBTQIA+, dos negros e negras, das pessoas com deficiência, dos indígenas e de todos/as/es que vivem em situação de vulnerabilidade. Por isso, em solidariedade a companheira Caire Juscele Azevedo Silva, do Sindicato dos Servidores de Parelhas (SINDSERPA), repudiamos a ação do vereador Ildecio Oliveira em agredi-la chamando-a de "louca".

Durante sessão legislativa, o parlamentar usou do espaço da tribuna para declarar palavras de cunho machista e capacitista à companheira, desrespeitando-a e ao espaço público, que deve ser prezado pelas boas relações e respeito as diversidades.

O vereador foi extremamente infeliz ao usar o termo "louca" como um xingamento, o que remete ao preconceito contra pessoas com deficiência, reforçando um estereótipo que está enraizado na nossa sociedade e reduz os PCD's à deficiência que têm.

Portanto, nós que fazemos a CUT/RN, nos colocamos à disposição da companheira presidenta do sindicato, lamentamos o ocorrido e nos somamos a essa luta do SINDSERPA contra violências institucionalizadas e das mulheres nos espaços de poder, que infelizmente são agredidas pela violência de gênero.

Eliane Bandeira,
presidenta da CUT

Gildenia Freitas
Secretária de Mulheres da CUT/RN

Coletivo de Mulheres da CUT/RN