• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Margaridas do RN vão à Brasília marchar por mais direitos

Mulheres cutistas do campo e da cidade estão colorindo a capital do país com a cor lilás

Publicado: 14 Agosto, 2019 - 12h04 | Última modificação: 14 Agosto, 2019 - 12h25

Escrito por: Redação CUT/RN

Mídia Ninja
notice
Mulheres cutistas do campo e da cidade estão colorindo a capital do país com a cor lilás

*Mais informações em instantes.

Trabalhadoras rurais do Rio Grande do Norte e de todo o país deram início, na manhã desta quarta-feira (14), a Marcha das Margaridas, na cidade de Brasília. As mulheres estão entre o Pavilhão do Parque da Cidade e o Congresso Nacional em protesto por mais políticas públicas voltadas ao campo; contra a Reforma da Previdência e as violências às mulheres tomadas no governo Bolsonaro.

 

Uma homenagem à Margarida Alves

 

Nomeada em referência à líder sindical paraibana Margarida Alves, assassinada em 1983 a mando de latifundiários, a marcha é espaço para o compartilhamento de dramas comuns e para a vocalização dos anseios que pautam a luta das trabalhadoras. A experiência e a força da trajetória da paraibana servem hoje de farol para iluminar os passos das mais de 100 mil mulheres que são esperadas no evento.  

“Ela foi uma grande lutadora e tinha muita coragem pra lutar por direitos. Isso cada vez mais, sobretudo no momento que a gente está vivenciando agora, nos dá mais força, mais coragem pra continuar lutando pelos direitos da classe trabalhadora, sobretudo os das mulheres”, frisa Mazé Morais.