• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Luta e solidariedade marcam o 1º de Maio. Arrecadações seguem para próxima doação

No sábado (1), no país inteiro, trabalhadores e trabalhadoras do Brasil foram às ruas em defesa da "Vida, Democracia, Emprego, Vacina e pelo Auxílio Emergencial de R$ 600", enquanto durar a pandemia.

Publicado: 04 Maio, 2021 - 13h02 | Última modificação: 04 Maio, 2021 - 13h39

Escrito por: Joan Pedro

Bruna Torres/CUT RN
notice

Durante toda a semana passada que marcou a Semana do Trabalhador e Trabalhadora, a CUT RN e demais centrais sindicais realizaram atividades referentes ao primeiro de maio, de atos virtuais e debates a carreatas e ações de solidariedade.

No sábado (1), no país inteiro, trabalhadores e trabalhadoras do Brasil foram às ruas em defesa da "Vida, Democracia, Emprego, Vacina e pelo Auxílio Emergencial de R$ 600", enquanto durar a pandemia.

Em Natal, uma grande carreata percorreu as principais avenidas da Zona Sul da capital, com saída na frente do Midway, percorrendo a Salgado Filho, BR-101, Roberto Freire e encerrando na rotatória da Rota do Sol, em Ponta Negra. Durante todo o percurso, era notório o apoio da população e dos trabalhadores/as que passavam pelo ato, como por exemplo, os entregadores de aplicativo e motoristas de ônibus.

A atividade pela manhã encerrou com um ato político em memória das vítimas da Covid-19 com falas dos dirigentes sindicais exaltando o legado de vida e luta do companheiro José Teixeira, que partiu em março. Parlamentares do PT-Natal, PSOL e movimentos de juventude também estavam presentes.

Durante à tarde, a Central fez a segunda distribuição de quits de higiene e cestas básicas, dando continuidade a campanha de solidariedade ‘’Vida, Pão, Vacina e Educação" junto a Frente Brasil Popular.

Em todo o estado, centenas de cestas básicas foram entregues aos trabalhadores e trabalhadoras que vem sofrendo dificuldades durante a pandemia. Na capital, as entregas foram feitas em Felipe Camarão, Bom Pastor e Santarém. A campanha também aconteceu em Mossoró e Caicó, organizadas pelo Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Educação (SINTE/RN) e pelo SindSerpum.


A Presidenta da CUT/RN, Eliane Bandeira, avalia de forma positiva a campanha e chama o povo potiguar para que continuem doando alimentos, produtos de higiene ou fazendo contribuição em dinheiro.

"Desde que começamos com as arrecadações, já fizemos duas remessas de entregas em diversas regiões de Natal e Região Metropoliana, levando alento as pessoas em situação de vulnerabilidade. Os sindicatos, mandatos e população em geral estão chegando junto nas doações e fortalecendo essa iniciativa. Esse primeiro de maio não poderia ser diferente com o aumento da pobreza no Brasil e no RN. A solidariedade da classe trabalhadora é um princípio e vamos continuar com os atos, em defesa da vida do povo potiguar", afirmou.

Para ajudar na campanha, você pode doar presencialmente na sede da CUT, localizada na Rua Apodi, 156, Cidade Alta, nas terças e quintas-feiras, nos horários de 8h ao 12h. Ou também pode ajudar financeiramente nas contas bancárias abaixo:

Banco Brasil
Agência: 00361
C/C: 7890028
Eliane Bandeira Silva
PIX : 41286332400


Edição: Bruna Torres