• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

FETRACS-RN fecha negociação com patronato aumentando piso salarial

Trabalhadores de farmácias terão reajustes de 4,3% e 6,5% nos pisos salariais

Publicado: 29 Julho, 2019 - 15h01 | Última modificação: 30 Julho, 2019 - 13h53

Escrito por: Bruna Torres

Bruna Torres
notice
Olinto Teonácio, presidente da FETRACS-RN, conta como foi a negociação com o patronato

A Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços do Rio Grande do Norte (FETRACS) conseguiu fechar um novo acordo com o setor patronal de farmácias, no dia 25 de julho. Depois de três rodadas de negociação à mesa, o acordo foi feito com reajuste para todo o trabalhador de farmácia. Saiba as mudanças:

  • Para os trabalhadores e trabalhadoras de microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP), o reajuste salarial foi de 4,3%, agora o novo piso salarial é R$ 1.020,00;
  • Para os trabalhadores e trabalhadoras das demais empresas, o reajuste foi de 6,5%, fechando o novo salário em R$ 1.059,68;

Durante a negociação deste ano, a categoria conquistou a garantia de um seguro de vida no valor de R$ 10 mil, o qual os patrões serão obrigados a pagar. Além disso, os trabalhadores terão R$ 40 reais descontados de seus salários para a contribuição sindical, o que assegura a manutenção da luta e de direitos da classe. Ainda dentre as conquistas, o sindicato conseguiu manter a quebra de caixa, que o patronado queria desfazer, mas a FETRACS conseguiu manter a taxa de 10% a mais do piso para os colaboradores que trabalham operando os caixas. Além de manter a regra do quinquênio, que significa um reajuste de 5% no salário a cada vez que o trabalhador completar cinco anos na mesma empresa.

Para Olinto Teonácio, presidente da FETRACS/RN, o sindicato e a federação estão ao lado dos interesses dos trabalhadores e assim, devem continuar travando cada vez mais direitos para a categoria. 

A partir de 2020, as convenções de acordo com o patronato acontecerão durante o mês de junho.