• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Em luto, CUT suspende live "Lockdown pela Vida" programada para o dia 24

Publicado: 22 Março, 2021 - 19h39 | Última modificação: 22 Março, 2021 - 20h24

Escrito por: Redação CUT RN

notice

"A disposição dos nossos companheiros que caíram são combustível para luta, mas, nesse momento, as perdas incontáveis nos trazem muita dor", disse Eliane Bandeira, presidenta da CUT-RN, ao cancelar com muita tristeza a live "Lockdown em Defesa da Vida", programada para o próximo dia 24. Através de nota, a Central explica os motivos para suspender a transmissão ao vivo, mas mantém a data com os atos simbólicos já programados pelo estado, como faixas nas ruas e spots nos carros de som.

Isso porque a CUT, demais centrais sindicais e as frentes Brasil Popular e Povo sem Medo estão mobilizando a classe trabalhadora em todo país, nesta quarta-feira (24), para o Lockdown Nacional – dia de luta em defesa da vida, da vacina, do emprego e do auxílio emergencial de R$ 600 reais para desempregados e informais.  

Para a presidenta, no dia 24 é preciso pensar porque mais de duas mil pessoas estão morrendo por dia vítimas da Covid-19 e o Governo Federal ainda não criou sequer um comando nacional de combate à doença, não tem vacina em número suficiente para imunizar toda a população  e, depois de três meses, Jair Bolsonaro prometeu apenas para o mês que vem um novo auxílio emergencial em valor menor, para menos pessoas, que não garante a sobrevivência da população durante o isolamento e a pandemia, pontua.

 

Leia a nota na íntegra: 

Nós, da Central Única dos Trabalhadores estamos em luto pelas vidas dos companheiros que perdemos este ano. Em janeiro, Olavo Ataíde nos deixou, em seguida o companheiro Jailson Morais e mais recentemente o professor José Teixeira também se foi. 

A Covid-19 tem ceifado muitas vidas no Brasil e ao nosso redor. Nós não podemos ignorar a dor que nos acomete e seguir sem relembrar das memórias que foram construídas ao lado desses nomes tão fortes e dispostos à luta. A partida de Zé nos tirou o chão, na semana passada, e dessa forma, decidimos por cancelar a live que estava prevista para o dia 24.

Essa, com certeza, seria uma atitude diferente se Zé estivesse aqui, mas sem cenário favorável para qualquer tipo de celebração, a decisão foi tomada em consenso pela diretoria da nossa Central. Não estamos esmoecendo, nem desistindo, mas nos recuperando para dar continuidade ao legado que nossos companheiros nos deixaram.

Aos nossos mortos, nem um minuto de silêncio, mas uma vida inteira de lutas.