• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Eliane Bandeira é reeleita presidenta da CUT - RN no 14º CECUT/RN

Entre homenagens, debates e articulações, congresso da CUT no RN acaba com Eliane Bandeira reeleita em chapa unificada. Confira os detalhes do 14º CECUT.

Publicado: 29 Novembro, 2019 - 19h58 | Última modificação: 29 Novembro, 2019 - 20h05

Escrito por: Joan Pedro

Bruna Torres/CUT RN
notice
Cerca de 180 delegados e delegadas participaram do congresso

Com o tema ‘’ Sindicatos Fortes, direitos, soberania e democracia. ‘’ a Central Única dos Trabalhadores no Rio Grande do Norte realizou nos dias 27 e 28 de novembro seu 14º Congresso Estadual. O evento aconteceu no auditório do Sindicato dos Servidores do Município de Natal (Sinsenat)

O 14º CECUT/RN começou com homenagem a companheira Fátima Cardoso, coordenadora geral do SINTE/RN que recebeu em nosso congresso, o título de cidadã natalense. A proposição da entrega do título foi atual deputada federal Natália Bonavides (PT) enquanto era vereadora de Natal e subscrito por Divaneide Basílio (PT) e Raniere Barbosa (Avante). O Ato de solenidade contou com a presença da comissão cerimonial da Câmara Municipal do Natal (CMN). O Evento também teve uma homenagem a companheira Vilma Aparecida, falecida há um ano. Vilma foi a primeira mulher presidenta da CUT no Rio Grande do Norte e teve sua trajetória política no movimento sindical exibida em um documentário produzido pela secretaria de comunicação da CUT - RN.  Além do documentário exibido no congresso, uma placa da CUT foi entregue para os familiares que estavam presente.

O Debate político do 14º CECUT começa com a análise de conjuntura nacional, estadual e internacional. A Mesa foi composta por Carmen Foro e Daniel Gaio, ambos da executiva nacional da CUT e pela parlamentar Isolda Dantas (PT).
.
O Segundo dia de congresso começa com a aprovação de um novo plano de lutas e organização interna para o próximo período. O plano de lutas aprovado pelos delegados e delegadas presentes desafia a próxima gestão para uma luta mais incisiva em defesa da democracia, intensificar a mobilização contra as privatizações no nosso estado e buscar unidade com demais centrais e movimentos populares em defesa da classe trabalhadora.

Ainda antes da eleição da nova gestão, a companheira Jandyra Uehara também da executiva nacional da CUT fez uma exibição sobre os impactos das reformas no mundo do trabalho.

E enfim,  depois de muitos debates e articulações políticas, o 14º CECUT elegeu sua nova direção que vai à frente da entidade pelos próximos quatro anos em uma chapa unificada. Eliane Bandeira foi reeleita por unanimidade pelos 180 delegados que participaram do congresso. A Presidenta reeleita comenta sobre os próximos desafios e aposta na unidade para o enfrentamento dos retrocessos. ‘’Foram quatro anos de muitas lutas e agora nós iremos intensificar cada vez mais para os próximos anos. Continuaremos apostando na unidade com as demais centrais sindicais e movimentos populares para contrapor todas as medidas fascistas, racistas, machistas e LGBTfóbicas que vierem a aparecer ‘’.  Afirmou.