• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Trabalhadores dos Correios fazem greve contra privatização da estatal

Mais da metade das agências estão fechadas no Rio Grande do Norte, desde as primeiras horas desta quarta-feira (11).

Publicado: 11 Setembro, 2019 - 12h10 | Última modificação: 11 Setembro, 2019 - 21h12

Escrito por: Bruna Torres

Joan Pedro
notice
Servidores dos Correios fazem mobilização na agência da Avenida Hermes da Fonseca

Funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos estão em greve desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (11) contra a privatização proposta pelo governo Bolsonaro. A paralisação acontece em todo o Brasil, enquanto que no Rio Grande do Norte, mais da metade das agências espalhadas em todo o estado aderiram ao movimento. 

O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios (SINTECT-RN) encaminhou outra atividade para essa quinta-feira (12) na central dos Correios, no Bairro da Ribeira. A ação tem o objetivo de diálogo com a população durante uma caminhada, para ressaltar a importância de defender a empresa pública. 

Segundo Shampoo, presidente do Sintect-RN, essa greve será a maior da categoria na história dos últimos governos. Além disso, "os Correios é a primeira estatal que está enfrentando o governo adverso. A Greve está forte nos grandes centros, como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília'', declarou o presidente. Por fim, ele complementou que a paralisação é "pela garantia do nosso emprego, para defender uma empresa nossa e 100% pública", disse.